Arquivo da categoria: Engenharia Mecânica

Tudo que você precisa saber sobre a criação de um produto

       Quando você observa os produtos na prateleira de um mercado, na vitrine de uma loja ou até mesmo em sites de venda virtual, você imagina todo processo pelo qual ele passou para estar ali? Todo produto que é lançado no mercado passa por um curso de desenvolvimento, muitas vezes demorado, que exige o trabalho e dedicação de muitas pessoas. Nem sempre temos acesso ao conhecimento sobre isso. Dessa forma, este artigo tem como objetivo explicar como funciona, em geral, o desenvolvimento de um produto, desde o surgimento da ideia até o seu lançamento no mercado, Então vem com a INOVA que nós vamos te mostrar quais os passos para a criação de um produto.

     Tudo começa com o surgimento uma ideia. Nesse processo é fundamental ter criatividade e visão de mercado, para que esse insight realmente seja útil e inovador. Posteriormente, inicia-se o processo de planejamento do desenvolvimento, onde cria-se um projeto formal e com ele um cronograma a ser seguido, para que metas sejam traçadas a fim de amplificar o desempenho da equipe desenvolvedora do produto. Esse passo é extremante importante, pois define em quanto tempo a ideia poderá ser colocada em prática. Tempo, nos dias atuais, é um elemento sagrado que não pode ser desperdiçado, não é mesmo?

    Em seguida, realiza-se uma pesquisa de mercado, onde toda a equipe busca encontrar se produtos semelhantes já existem. Se sim, dados como quais seus pontos fortes, seus pontos fracos, valores, utilidades e compradores são recolhidos. Se não existem, fazem uma pesquisa com o futuro público alvo do negócio, para saber qual a porcentagem de interesse positivo existe para esse produto, a fim de levar o foco do projeto para onde realmente é necessário e onde irá agregar valor para os clientes.

      Após isso, então, dá-se a largada para o desenvolvimento teórico e prático da ideia. É aí que trabalham os engenheiros, designs de produtos e desenvolvedores. Essa é a parte mais crucial do processo, visto que é quando realmente o projeto começa a tomar forma, por isso é importante uma equipe especializada acompanhando seu desenvolvimento, a INOVATECH é uma empresa especializada em tirar idéias do papel, garantindo sempre um ótimo resultado e a satisfação dos clientes no fim da criação de um produto. Após o término do desenvolvimento, entram os testes, sejam eles testes de engenharia ou testes práticos com os clientes, para âmbito de pesquisa. Nesse período, todos os resultados são coletados e, conforme necessário, modificações são feitas no produto, visado o seu maior sucesso.

      Por fim, concluído o processo de desenvolvimento, entra o marketing do produto. Como as pessoas nunca tiveram contato com essa ideia, de primeira, elas não vão comprar. É preciso vendê-la. Mas como? Por meio de sua embalagem e da sua propaganda. Como já ouvimos por aí: “a propaganda é a alma do negócio”. É preciso chamar a atenção, para que assim a curiosidade e o interesse pelo produto surjam. Dessa forma, não se deve medir esforços e investimentos nesse passo, pois é a chave para o sucesso de todo o projeto

     Para concluir, foi possível observar que a criação de um produto não é algo fácil, mas que pode ser um diferencial na sua empresa ou no seu negócio particular. Se você tiver uma ideia inovadora e acredita nela não deixe isso passar e nos procure logo para que possamos te ajudar a criar algo novo para o mundo, confira nosso serviço clicando AQUI e vamos INOVAR juntos!

Como possuir maior conscientização no trânsito para formarmos adultos mais responsáveis

     É impossível conhecer uma pessoa que não se deparou com o trânsito. Desde a principal avenida da cidade pequena, até mesmo aos imensos corredores de carros na Marginal Pinheiros em São Paulo. Carros, motos, caminhões, e uma infinidade de outros veículos motorizados estão mais do que presente em nossas vidas, são eles que transportam o alimento, levam as cargas, escoam nossa produção etc. Mas infelizmente nem tudo são flores e é de se imaginar que, por exemplo, mais de 216.861 veículos diariamente na Rodovia Castelo Branco, nos trariam uma série de responsabilidades que muitas vezes é negligenciada por nossos motoristas, dessa forma, torna-se cada vez mais importante o debate a respeito da conscientização no trânsito.

 

MAS COMO POSSO MELHORAR ESSES NÚMEROS?

     Muito já se foi pensado a respeito da educação no trânsito, são inúmeras as campanhas de conscientização na TV, jornal, revistas e na internet. Infelizmente, mesmo com todas as atividades, o número de acidentes só cresce e fica ainda mais assustador, entre 2001 e 2012, o número de pessoas mortas em acidentes de trânsito cresceu incríveis 48,7%. Dado o baixo resultado de campanhas de conscientização não presenciais, os olhos dos governantes e de empresas de segurança no trânsito tem se voltado para atividades práticas, afim de que elas tenham maior impacto para quem ela é direcionada.

 

 

       INOVATECH NA SOCIEDADE!

   Foi pensando em uma atividade de conscientização mais impactante e que pudesse transmitir a real necessidade de responsabilidade no trânsito que a INOVATECH em parceria com SEMOB – Secretária de Mobilidade Urbana da cidade de Maringá, criaram um simulador de capotamento. O simulador é um equipamento fantástico para transmitir a real sensação de um capotamento e exemplificar o porque deve-se fazer o uso do cinto de segurança e dirigir com periculosidade, além disso, ele chama muito a atenção de quem passa perto, ideal para se expor em feiras da cidade e atingir ainda mais pessoas.

    Agora, o simulador também pode estar na sua cidade! Entre em contato com a INOVATECH através das informações situadas na ultima página, e agende já sua reunião conosco

Como produzir suas ideias

     Ideia. O que é ideia? Da onde vem a ideia? Como produzir suas ideias? Aposto que você mesmo já se perguntou sobre isso, e tentou encontrar uma resposta. Essa é uma pergunta que vem sendo questionada desde os tempos da Grécia Antiga, mas, enquanto ainda não temos uma resposta concreta, vamos utilizar a definição mais simples do dicionário Michaelis, como sendo um “Objeto imediato do pensamento, conceito ou noção que temos sobre algo, que pode ser concreto ou abstrato”.

     E o que é necessário para produzirmos essas ideias? Só criatividade basta? Na verdade, não, quanto mais informações e referências nós temos mais fácil será este processo. Normalmente as boas ideias são só aplicações de conceitos funcionais em outros ambientes. Sendo assim, quanto mais você estuda, lê, absorve conhecimento, mais chances de você ter boas ideias.

      Além disso, já parou para pensar se a sua ideia soluciona algum problema do mundo? Do seu bairro? Da sua empresa? Já pensou que ela poderia se torna algo lucrativo? Não tenha medo de compartilhar suas ideias e receber feedback das pessoas, o erro é uma parte importante do processo, nós vemos problemas e soluções de formas diferentes, sendo assim compartilhe para que você possa sempre melhorar. Adapte e transforme suas ideias, tente sempre construir algo melhor, pense em formas diferentes de solucionar o problema, de melhorar o produto, para que você chegue no melhor resultado possível.

    E agora? Depois de já ter idealizado, o que é necessário fazer? Para tirar essa ideia da cabeça, existem diversos métodos, e cabe você encontrar o mais conveniente. É possível em um simples pedaço de papel rabiscar suas ideias, elaborar um mapa mental, desenhar, escrever em um documento… anote tudo! Trace um objetivo para colocar a ideia em pratica, e comece com pequenos passos, defina metas e procure parceiros para executar sua ideia, saiba que pode contar sempre com a INOVATECH para colocar suas ideias em prática, acesse nossa carta de serviços e encontre como melhor podemos atende-lo.

     A partir dessas etapas, você estará apto a fazer com que sua ideia ajude outras pessoas pelo mundo. Ao levar o que antes era uma ideia, para o mercado, você pode tornar isso em lucro e possibilitar que mais pessoas, empresas, organizações e instituições solucionem problemas e melhorem o ambiente que estão, agora que você já está por dentro de como produzir suas ideias venha acompanhar mais conteúdos sobre esse tema com a gente!

Se você gostou dessa publicação venha conferir mais sobre inovação no nosso Blog!

A importância do desenho técnico e otimização da produção

      Você sabe a importância do desenho técnico na otimização da produção?  Para todos que possuem uma produção de um determinado produto, provavelmente, devem ter se perguntado ao menos uma vez: como posso otimizar minha produção? Nossas rotinas tendem a ficar cada vez mais aceleradas, onde o tempo é dinheiro e nós sempre buscamos maneiras de ganhar tempo. Ok, mas o que o desenho técnico tem a ver com isso tudo? E se eu te responder que tem tudo a ver, você acreditaria em mim?

        Muitas pessoas tendem a negligenciar o desenho técnico, porém isso só acontece porque elas não sabem a real importância que ele tem para a sua empresa. Por isso, nós, da INOVATECH – Empresa Júnior de Engenharia Mecânica e Elétrica, vamos apresentar nesse texto diversos pontos que irão mudar sua visão sobre a relação dos desenhos técnicos e sua produção. 

·         Padronização:

      Vamos começar com um dos benefícios mais conhecidos do desenho técnico, a padronização do seu produto. Vamos imaginar o seguinte o cenário: você está com uma alta demanda de seus produtos, porém seu cliente pediu para que todos fossem padronizados, mas você e seus colaboradores não seguem um padrão, o que fazer? É realmente uma situação delicada, mas a elaboração de um desenho técnico é um processo detalhado, onde todos os padrões normativos são seguidos, ou seja, qualquer um com conhecimento nessas normas poderá reproduzir esses desenhos seguindo a descrição e especificação, portanto, se feito da maneira certa, o desenho técnico garante que o produto saia da maneira que você planejou.

 

·         Viabilidade de uma ideia:

      Todos temos ideias de produtos novos, peças diferentes para inovar no mercado, porém, nunca sabemos se elas serão possíveis de ser colocadas em prática, isso é muito frustrante, não é? Outro benefício do desenho técnico é que, através dele, podemos visualizar nossa ideia antes mesmo da fabricação, pois através de um projeto, podemos saber qual material será usado, a quantidade, as dimensões, resistência necessária, até mesmo como ele seria usado depois, facilitando demais na hora de tirar realmente do papel.

 

·         Otimização do tempo e fabricação:

      Um detalhe muito importante, que já foi mencionado no texto, é a busca por uma economia de tempo e gastos durante a fabricação, certo? Hoje em dia, fazemos tudo para otimizar nossos processos e é aí que entra o desenho técnico, porque cada vez que precisar fabricar suas peças, você necessitará de menos tempo, pois com o desenho em mãos, você pensará menos em detalhes pequenos. Além disso, Isso ajudará também a manter a qualidade de seu produto, uma vez que diminui exponencialmente a chance de peças defeituosas, pois sempre seguirá um padrão na hora de fabricar.

 

·         Manutenção fácil e sem dor de cabeça:

      Assim como o desenho ajuda no processo de fabricação, ele automaticamente será útil na hora de identificar possíveis pontos para a manutenção, pois ele funciona como um esqueleto do seu produto, então você verá com precisão cada parte e poderá facilitar na hora de resolver algum futuro problema.

      Como vocês puderam ver, existem diversos benefícios do desenho técnico para sua empresa, nos quais melhorariam muito seus processos de fabricação e facilitariam tanto a sua quanto a vida de seus colaboradores. Para sua sorte e comodidade, nós, da INOVATECH, temos uma equipe especializada em desenhos 2D e 3D, onde podemos ajuda-lo no desenvolvimento de um novo produto, na padronização de um produto já existente ou até mesmo apenas um desenho para você tem uma análise completa de seu maquinário. Tempo é algo valioso hoje em dia, não o perca mais! Entre em contato com a gente!

 

 

Como transformar sua ideia em inovação!

          O ser humano sempre buscou inovação. Tudo que temos hoje, toda a tecnologia, todas as máquinas, todos os utensílios e ferramentas que nos trazem mais praticidade e agilidade no dia a dia, coisas que consideramos banais, já foram em algum momento apenas ideias. Foi, porém, acreditando nessas ideias que foi possível a criação, o aprimoramento e o melhoramento de itens que facilitam e muito a nossa vida. Isso mostra a importância dessas ideias e mais ainda, a importância de colocá-las em prática.

          Trazendo para os dias atuais, mais especificamente para o mundo dos negócios, sabemos que o mercado está ficando cada vez mais competitivo e com o objetivo de se destacar em meio a tantos concorrentes, muitas indústrias estão apostando na inovação. Dessa maneira, essas empresas buscam ideias inovadoras sejam elas para desenvolver produtos novos para os consumidores, ou meios de otimizar os processos dentro da própria empresa, de modo a economizar tempo, recursos, e aumentar a eficiência e qualidade na produção.
          De toda forma, a inovação tem se mostrado de extrema importância e um requisito para se conquistar cada vez mais o mercado e se destacar no meio de tantos adversários. Por isso, quando uma ideia nova que pode revolucionar todo o modo de fabricação e de processos de sua empresa vem a mente, não tem como deixar esse pensamento para trás, afinal são essas ideias que acabam trazendo o progresso e a evolução no mundo. Sabemos contudo, que nem sempre é fácil transformar as ideias em um produto concreto e é ai que entra o serviço de dimensionamento mecânico.
          O dimensionamento mecânico nada mais é do que um serviço que visa a resolução de problemas e o de necessidades, se tratando de um conjunto de tarefas complexas que se objetiva um produto inovador que seja funcional, seguro e confiável. Para realizar o dimensionamento mecânico, primeiramente é feita uma análise prévia para verificar a viabilidade do desenvolvimento da máquina, caso seja viável, são realizados os desenhos técnicos 2D e 3D para melhor visualização do projeto, além disso, todos os cálculos necessários para a elaboração do mesmo são realizados.

a2.jpg

          Não só isso, mas a partir da modelagem tridimensional pode-se realizar simulações computacionais em softwares afim de verificar e aprimorar os cálculos necessários para o projeto, além de obter maior entendimento de como seria o funcionamento da máquina no dia a dia dentro da indústria, com efeitos da temperatura, desgaste, entre outras interferências naturais ou mecânicas.

          Após a realização de todos esses passos, o dimensionamento mecânico está pronto, sendo assim possível a fabricação da máquina que melhor satisfaça o interesse da empresa, de maneira, segura, funcional e melhor ainda, inovadora.
Tendo o conceito de dimensionamento mecânico e o modo de sua realização em mente, vamos aos benefícios que tal serviço pode te proporcionar:

    • Otimização de um maquinário, melhorando assim sua velocidade de produção, reduzindo gastos e consequentemente aumentando seu lucro;

        • Normalização de um determinado maquinário para atender as exigências do mercado;
     • Possuir um produto exclusivo que te permite realizar um determinado serviço de forma mais rápida e eficiente;

        • Através do dimensionamento você pode encontrar uma solução para uma determinada necessidade de um nicho de mercado, revolucionando assim a forma como um determinado processo é feito;

          Imagine agora como seria gratificante transformar uma ideia que antes era apenas um esboço em sua cabeça em uma máquina não apenas moderna, mas também que traz lucro para sua empresa. Não perca essa oportunidade.

          Você tem uma ideia de um maquinário inovador para seu negócio mas não sabe como passar essa ideia pro papel ou mesmo se ela é viável? A INOVATECH – Empresa Júnior de Engenharia Mecânica e Elétrica pode te ajudar com isso. Através de diversos cálculos para que o produto exerça sua função de forma eficiente e com qualidade, nós fazemos modelagens em 2D e 3D, elaboradas com a utilização de softwares CAD para projeção virtual das peças. Com isso, o produto final tem a possibilidade de ser levado para a produção em massa e ser utilizado no mercado. Além disso, é importante ressaltar que as modelagens são feitas de acordo com as normas regulamentadoras.

Entre em contato conosco!

(44) 3011-3852

 

 

O que é Engenharia Reversa?

    A Engenharia Reversa pode ser observada desde cedo na vida das pessoas pois toda criança, em alguma fase da sua vida, já desmontou um brinquedo ou algum aparelho eletrônico para entender como eles funcionam, essa ideia de se desmontar e estudar o funcionamento de um brinquedo ou aparelho qualquer vai muito além de uma brincadeira de criança. A técnica consiste essencialmente em descobrir os princípios tecnológicos e o funcionamento de uma máquina por meio do desmanche e fracionamento de suas peças.

    Não temos uma data correta do surgimento dela, mas durante a Segunda Guerra Mundial, houve um grande uso dela quando os japoneses começaram a estudar as armas de seus inimigos, desmontando-as e entendendo o funcionamento. Ela também é muito utilizada na espionagem industrial por empresas, que utilizam disso para copiar e aprimorar a tecnologia de seus concorrentes.

Entretanto, a engenharia reversa não é utilizada somente para copiar produtos, mas também para entender o funcionamento de algo e com isso aprimorá-lo e até desenvolver uma nova tecnologia através dele. A engenharia reversa também é utilizada na engenharia de software em programas que não possuem código aberto e por meio dela pode-se fazer análises minuciosas sobre o comportamento do software para que possa entender o que se passa internamente e assim poder ser reproduzido.

    Quer saber como utilizar os benefícios da Engenharia Reversa na sua empresa?  Clique aqui e fale com a INOVATECH!

(44) 3011-3852

Missão Apollo 11

      No dia 16 de julho de 2018 completou-se 49 anos desde a decolagem do foguete da missão Apollo 11 que carregava três tripulantes americanos, sendo eles “Neil Armstrong, Dr Edwin Aldrin e Michael Collins”, na missão que resultaria nos primeiros passos da humanidade em nosso satélite natural.

      A missão “Apollo 11” fazia parte de um programa espacial da NASA chamado “Apollo”. Este que passou por diversas missões e testes até atingir o sucesso na décima-primeira tentativa. O programa foi criado em 1961, período que correspondia ao auge da Guerra Fria e da corrida espacial entre os Estados Unidos e a União Soviética. As primeiras missões do programa, correspondentes a “Apollo 1” até a “Apollo 6”, foram realizadas em foguetes sem qualquer tipo de tripulação em seu interior. Somente a partir da “Apollo 7” que foram iniciados os vôos com tripulação humana.

      Curiosamente, um dos maiores desastres do projeto Apollo não foi durante o vôo de alguma espaçonave, mas sim durante uma sessão de testes do foguete da “Apollo 1”, cujo módulo espacial sofreu um incêndio matando três astronautas que estavam na cabine verificando os equipamentos da espaçonave. Até hoje não se sabe o exato motivo do incêndio no local, mas perícia e investigações apontaram como causa provável a presença de material inflamável perto do local em que era realizado os testes da Apollo 1.

      Após diversas missões, a Apollo 11 decolou em 16 de julho de 1969 com a intenção de realizar o primeiro pouso lunar tripulado. Após quatro dias de viagem a tripulação americana pousaram na Lua, especificamente no “Mar da Tranquilidade”, no dia 20 de julho de 1969. Foi quando Neil Armstrong se tornaria o primeiro homem a pisar em solo lunar e diria a frase icônica “É um pequeno passo para o homem, um salto gigantesco para a humanidade”. Após realizado os processos de pouso, os três astronautas exploraram o solo lunar, além de coletarem rochas para estudos e de fixarem uma bandeira estadunidense. Curiosamente, os tripulantes também deixaram uma placa na Lua, que ao princípio tinha o propósito de se comunicar com qualquer vida extraterrestre. A placa dizia “Aqui, os homens do planeta Terra pisaram pela primeira vez na Lua em julho de 1969 DC. Viemos em paz, em nome de toda humanidade”.

      No dia 24 de julho de 1969 os tripulantes da Apollo 11 retornaram ao planeta Terra em segurança. Ao todo, a missão durou oito dias e três horas, sendo que os astronautas passaram a maior parte do tempo em viagem entre o planeta e o satélite, já que a tripulação esteve somente vinte e uma horas em superfície lunar. Outra curiosidade é que o pouso da Apollo 11 na Lua ocorreu no aniversário de Santos Dumont, considerado o inventor do avião, assunto este que você pode ver aqui.

Mecanização Agrícola

 

O que é a mecanização agrícola?

A mecanização agrícola é uma tendência nas diversas atividades realizadas em propriedades rurais, abrangendo desde atividades mais simples até as mais complexas. Ela pode ser praticada não apenas com melhorias no uso de máquinas e implementos agrícolas empregados no preparo do solo e plantio, mas também com ferramentas específicas para serem empregadas em atividades e maquinários específicos.

São diversas as tarefas que podem ser executadas com grande facilidade e eficiência, por meio da mecanização. Com isso, os custos de produção tendem a ser menores e a propriedade agrícola torna-se mais lucrativa e bem sucedida no mercado.

Onde ela pode ser observada?

A mecanização agrícola pode ser observada em diversas atividades praticadas em pequenas e grandes propriedades como horticultura, fruticultura, pecuária, cafeicultura e na produção de grãos, seja com a utilização de equipamentos de transporte, de tração animal ou mecânica. A mecanização pode estar presente até mesmo nos sítios e chácaras, cujo objetivo principal é o lazer, na utilização de tesouras de poda, na manutenção de cercas vivas, nas roçadeiras manuais ou motorizadas, ou até mesmo os tratores, específicos para corte de grama.

Exemplo em destaque

No contexto atual muitos pesquisadores estão buscando desenvolver drones pelo fato de possuir uma grande versatilidade, já que podem desempenhar diversas funções na fazenda e possuem custo relativamente baixo, variando de acordo com modelo e tecnologias embarcadas. Um aparelho sozinho é capaz de analisar a plantação, podendo detectar pragas e visualizar o crescimento da mesma, demarcar o plantio utilizando da vista aérea, pulverização de lavouras, telemetria (medição do tamanho da propriedade), entre diversos outros recursos.

A busca por esse tipo de tecnologia vem movimentando o mercado rural como um todo. Os grandes e pequenos proprietários de terra estão adaptando-se a mecanização tendo em vista o que essa mudança está gerando a partir de pequenos investimentos, demonstrando que tais implementações são benéficas para a comodidade, rentabilidade e eficiência nas atividades do campo.

 

Prevenir ou remediar: qual é melhor?

Essa é uma pergunta que frequentemente ronda nossa mente. Como na década de 1970, com a revolução industrial, o Brasil ocupou o primeiro lugar no mundo em acidentes de trabalho, observou-se necessário analisar esse mesmo questionamento e atribuir uma solução para tal obstáculo do “prevenir ou remediar ?”

Com esse problema em vista, o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) criou as Normas Regulamentadoras (NR), que consistem de regras que devem ser seguidas por todos os tipos de empresa (privada, pública e órgãos governamentais), sendo regidas pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), cujo objetivo principal é zelar pela segurança e saúde dos trabalhadores para que os entraves fossem prevenidos na medida do possível.

As normas utilizam de diversos regimentos trabalhistas que abrangem desde os setores da agropecuária até os industriais, demonstrando como e com que equipamentos os trabalhos devem ser feitos, analisando a medida mais segura para o trabalhador e fornecendo uma base para as empresas.

Então: prevenir ou remediar?

Muitas empresas, mediando os gastos que teriam por cumprir todas as normas propostas pelo Ministério do Trabalho, acabam por vezes remediando as adaptações das atividades e alocações da empresa. Tendo em vista somente os prejuízos dessa mudança, o que proporciona uma janela de causalidade no limiar da marginalização da empresa em meio à legislação vigente, o que pode culminar no fechamento da empresa ou até mesmo em graves acidentes ocasionados por sua estrutura mal administrada, que preza pelo lucro e não pelo bem estar dos seus empregados.

Seguir as NRs de segurança podem minimizar significativamente o risco de ações indenizatórias, tal condenação pode ser mais de um milhão de reais!

Apesar dos gastos gerados, se todas as normas forem atendidas, os servidores em geral conseguirão uma base estrutural que os permitem realizar seu trabalho de forma mais satisfatória, correndo menores riscos e em um local que não possui condições desumanas de trabalho, consequentemente aumentando a produtividade geral da empresa.

Portanto, alguns serviços estão disponíveis no mercado a fim de analisar a integridade das normas em sua empresa, a INOVATECH Empresa Júnior realiza essa análise referente à NR-10 (Segurança em instalações e serviços de eletricidade) e NR-12 (Segurança em máquinas e equipamentos), clique AQUI e faça seu orçamento gratuitamente!